maze-runner-prova-de-fogo-3

Maze Runner | Segundo filme teria elementos de ‘Cura Mortal’?

image

As primeiras fotos já revelavam a personagem Teresa em cenas que ela não estaria, e com o trailer vimos que Wes (o diretor) mudou algumas coisas que não estão presentes no livro. Pelo twitter, o autor, James Dashner, pediu que os fãs se acalmassem. Ele disse que todas as mudanças foram aprovadas por ele e que “Cruel é bom”, tá? (Não vamos deixar de lembrar da cena do autor no final do filme haha)

“Eu não me preocupo com o filme, porque eu estou muito feliz com isso e sinto-me envolvido o suficiente para que me sinta bem sobre as mudanças. Definitivamente, a minha preocupação é com meus leitores e fãs que são tão apaixonados sobre o livro. Então, meu objetivo é ficar ao lado deles e ajudá-los a entender por que as mudanças foram feitas e ajudá-los a entender que algumas coisas que funcionam no livro não funcionam no filme e vice-versa. É apenas uma questão de ficar ao seu lado, falando e informando-os, e acho que eles vão acabar felizes com isso.” – James em entrevista

Com isso, percebi alguns elementos presentes no trailer que podem fazer sentido, e que, talvez, após verem, vocês irão criticar um pouco menos. Vale lembrar que tudo é apenas teoria, ninguém do Sobre Sagas tem acesso ao roteiro.

Muita coisa mudou, mas temos que lembrar que isso é uma adaptação. Até o momento só temos dois minutos; o filme é bem grande! Ele pode ser mais fiel do que você imagina. No primeiro filme não foi assim também? Eles mudaram aqui e ali, mas com a finalidade de melhorar. Não estragar. E esperamos a mesma coisa em Prova de Fogo.

Assista ao trailer:

Para quem não leu os livros, eu indico não continuar a leitura.

ALERTA DE SPOILER

› “Não estávamos no único labirinto”:

“Basicamente, fez sentido mover uma grande parte do terceiro livro para o segundo filme. Não é uma morte ou qualquer coisa assim. É uma grande parte emocionante do terceiro livro que está agora no segundo filme. Em seguida, quando chegarmos ao terceiro filme, as coisas vão se alinhar de volta para os livros mais fortemente. Eu meio que estou preparando meus fãs a se prepararem pra isso.”

Logo após eu ver o trailer, lembrei dessa entrevista do James. A GRANDE mudança e a mais comentada foi essa cena em que Minho e Thomas entram num refeitório na sede da Cruel e encontram um grande número de meninas e meninos, revelando não serem os únicos por lá. Se você já leu o terceiro livro, lá nos últimos capítulos é revelado que Cruel vem capturando um grande número de imunes e que na hora da destruição da Cruel eles estão dentro de um Labirinto. Foi uma surpresa ver que tinha tanta gente para ser salva. Porém, se eles só fossem apresentados no terceiro filme, as pessoas poderiam se perguntar: “MAS DE ONDE SAIU ESSE BANDO DE GENTE QUE NÃO ESTAVA ALI ANTES?”.

Os roteiristas pegaram uma parte muito importante do terceiro livro e colocaram ali, pode ser que dure só 30 segundos, como no trailer. Nem vai fazer tanta diferença. Mas para quem não leu os livros, pode ajudar a compreender quem é a CRUEL e o que eles querem fazer.

Só digo uma coisa: nem vi o segundo filme e já quero o terceiro!

› “Você se lembra da Cruel?”

Uma das cenas mais polêmicas é a do Homem-Rato com Thomas, que muitos se lembram estar presente no início de ‘Cura Mortal’, e depois de reler o final do segundo capítulo, encontrei um bom gancho para terminar o filme

Lá fora, nas ruas, chamam pessoas assim de Privilegiados  O homem-Rato prosseguiu E eles odeiam, odeiam mesmo, gente como você.”

 

Imagina o filme terminando com essa conversa dos dois e uma câmara saindo da CRUEL e se afastando gradativamente, pegando o lado de fora e, ainda por cima, aparecendo um monte de Cranks querendo entrar na CRUEL. Tudo deixando um ar sombrio de que “Thomas, nós somos bons, estamos fazendo esses testes apenas para achar a CURA, você lembra? Cruel é bom!”

 › “Vocês não durariam um dia no Deserto”:

Muita, eu disse, muita gente mesmo reclamou da cena em que nossos imunes do ‘grupo A’ estão fugindo da Cruel para o Deserto (tá, não é como no livro). Porém, antes de acharem mil desculpas para criticar, vamos entender.

Tudo que acontece desde o Labirinto é para obter resultado com as “Variáveis”, com a Ava Paige se matando no final do primeiro filme e aquela sensação de que “estamos salvos”, como podemos ver, tudo foi apenas um jogo da CRUEL. Por que agora não seria diferente? A Cruel está interessada com os resultados que vão obter no Deserto. Mas eles podem ser muito bem enganados uma segunda vez, não? Uma rebelião planejada é muito melhor que eles sendo “forçados” a irem para o deserto como descrito no livro. Imagina depois o Thomas percebendo que a ida deles ao Deserto não era para fugir da CRUEL e sim tudo um plano para continuar com as Variáveis. (Tá parecendo Pretty Little Liars… Ava Paige is -A /tá, parei).

› O curioso caso de Teresa:

“ Esse (TELEPATIA) é o maior efeito cascata que tivemos de lidar, porque isso é tão essencial para o segundo livro; como eles se comunicam, enquanto eles estão separados. Eu não posso revelar muito ainda, mas isso vai ser provavelmente a maior coisa que as pessoas notarão – onde a mudança da Teresa (Kaya Scodelario) acontece durante todo o filme e isso é por causa dessa mudança que decidimos sobre no primeiro filme. Acho que ainda capta o espírito do que acontece no livro e eu acho que as pessoas ficarão felizes com isso. “

Confesso que quando vi Teresa de Calcutá no Deserto quase tive um treco. O que diabos essa mulher estava fazendo ali?! Mas pelo que percebi foi só no começo. Com a telepatia de fora no primeiro filme, eles foram obrigados a mudar muita coisa. E Teresa é uma dessas mudanças. Só que não achei nem um pouco ruim, gosto da personagem. Com ela no deserto o “laço” entre ela e Thomas pode ser um pouco mais aprofundado e, para quem shippa os dois, pode até ser uma colher de chá, já que a intenção de James não é o romance.

Com mais cenas dos dois na tela, teremos um choque ainda mais forte quando ela o “trair” com Aris. Essa é uma das cenas que estou mais ansiosa para ver. E isso de fato não terá mudanças. Tá vendo, pessoal? O filme ainda pode ser muito bom!

Espero que tenham entendido o que pretendemos com o post, e se tiverem teorias, só comentar ali em baixo. Iremos adorar ler o que pensam sobre o filme.

Prova de Fogo estréia nos cinemas brasileiros no dia 17 de setembro. Quem está ansioso?
Escrito por Mariana Andrade :: Equipe Sobre Entretenimento
Trechos da entrevista com James retirada do site TMBR
  • Felipe Lira

    Gente que entende o que é uma adaptação ♥

  • Lucas N Almeida

    Amando essa matéria até 3025 <3 Acho tbm q o lance deles fugirem agora pode ser pra poupar a cena em que eles fogem em A Cura Mortal. Para não ficar repetitivo eles indo e saindo das bases do CRUEL em cada final de filme.

  • mariana

    ah não, você não pode chamar o plano da teresa de “traição” nem entre aspas, até hoje o thomas tem meu respeito perdido por ter tido a reação mais babaca de todas

  • Pedro J

    Acho a T.T perfeita, e fiquei bolado quando o Thomas quis agir como o super-hiper-mega-bonzão, não perdoando-a. Ele meio que perdoou o Aris, sei que foi mais dificil vindo dela, mas, pô, a Brenda também mentiu pra ele, foi menos doloroso, mas mentiu.

  • Anderson Lima

    É uma adaptação, o pessoal precisa entender isso. Não vai ficar 100% igual no livro, mas a essência não irá mudar, principalmente se o autor do livro está acompanhando e aprovando as mudanças.