emma-destaquess

Emma Watson visita Malawii e protesta contra o casamento infantil

14681040_1378668938818659_7808576695534843289_o

A atriz Emma Watson, reconhecida por seu papel de Hermione Granger na saga Harry Potter, visitou o país Malawi (África Oriental), na última segunda-feira (10), onde condenou o casamento infantil. A atriz chamou as autoridades para acabar com a prática, que pode colocar vidas jovens em risco e impedir que garotas tenham uma boa educação e um futuro melhor.

Em 2015, o Malawi aprovou uma lei para aumentar a idade minima de casamento para 18. A lei foi aprovada com o apoio da ONU Mulheres, a qual Emma é embaixadora, e chefes tradicionais do país.

“Conhecer garotas jovens, que como muitos em seu país, estão lutando contra a pobreza e eram pressionadas a se casarem precocemente… me fez perceber o quanto é importante para as mulheres a oportunidade de fazer suas próprias escolhas”, Emma disse em uma declaração. “É tão encorajador ver como uma prática tão nociva pode ser parada quando a comunidade trabalha junto”completou a atriz.

14543671_1378668758818677_8629241697476947458_o

Dados da ONU mostra que mundialmente, um terço das garotas nos países em desenvolvimento, exceto a China, são casadas com idade inferior a 18, negando suas infâncias e direito de ir pra escola.

Mesmo que agora o Malawi tenha tornado o casamento infantil ilegal, ativistas manifestaram para que casamentos regularizados pelos seus costumes possam ocorrer informalmente. Durante sua visita, Emma se encontrou com líderes tradicionais que tem defendido a anulação de casamentos infantis em suas comunidades.

Mundialmente, 15 milhões de farotas se casam sendo crianças a cada ano, de acordo com a campanha “Girls Not Brides” (Garotas, não noivas) do Reino Unido.

E mais uma vez, Emma Watson, nossa eterna Hermione Granger, prova que das bruxas de sua idade, ela é a mais inteligente que conhecemos.

 

 

Participante do Sobre Sagas desde 2013, entrou na equipe como Colunista do site. Potterhead desde 2006, viu em Potter a oportunidade de se apaixonar por literatura fantástica (O Senhor dos Anéis, As Crônicas de Gelo e Fogo, Percy Jackson), e atualmente também tem se apaixonado por distopias (The Hunger Games) e dramas mais densos.