animais-fantasticos-grindelwald

J.K. Rowling defende participação de Johnny Deep em “Animais Fantásticos”

A J.K. Rowling, autora da saga “Harry Potter” postou uma nota oficial em seu site na última quinta-feira (07), falando sobre a polêmica envolvendo a participação do Johnny Deep nos filmes de “Animais Fantásticos”. O ator foi acusado de agressão pela ex-mulher, Amber Heard, em 2016.

O ator participou do primeiro filme e irá continuar no segundo filme, “Animais Fantásticos: Os Crimes de Grindelwald”, onde terá grande destaque por interpretar o vilão Grindelwald, e isso gerou uma série de protestos de fãs inconformados com o ator continuando na saga.

“Aceito que haverá aqueles que não estão satisfeitos com nossa escolha de ator no papel. No entanto, a consciência não é governável por um comitê”, escreveu a escritora. “Dentro do mundo fictício e fora dele, todos temos que fazer o que acreditamos ser a coisa certa.”

Na carta aberta aos fãs ela também deixa claro que a permanência do ator foi avaliada pela produção: “Quando Depp foi lançado como Grindelwald, pensei que seria maravilhoso no papel. No entanto, na época das filmagens de sua participação no primeiro filme, surgiram histórias na imprensa que me preocuparam profundamente, assim como aos outros envolvidos na franquia.”

“Com base na nossa compreensão das circunstâncias, os cineastas e eu não estamos apenas satisfeitos com o nosso elenco original, mas realmente felizes por ter Johnny como um dos personagens principais do filme.”

 “Animais fantásticos: Os Crimes de Grindelwald” estreia no dia 16 de novembro de 2018 nos Estados Unidos.