After1

Resenha: After – Livro #1

(Livro com jacket/sem jacket)

Eu realmente não sabia o que esperar do livro, mas ele acabou me surpreendendo e muito! Os livros da série “After” transformaram os integrantes da banda One Direction em personagens da história. Confesso que não sabia disso (só soube depois de terminar de ler o primeiro).

 

Theresa, mais conhecida como Tessa, é uma jovem americana que mora com sua mãe. Ela é muito inteligente, certinha, é do tipo que troca uma festa por uma noite de estudos e tem um namorado doce e gentil chamado Noah. 

Noah é um ano mais novo que ela e é apaixonado por esportes. Ele é popular, mas não é um daqueles garotos metidos. O relacionamento deles é inocente e nunca ultrapassa a barreira dos beijos.

 No seu último ano de colégio Tessa se dedicou totalmente a entrar na faculdade em que sua mãe estudou. Ela consegue bolsa e chega o dia em que se muda e começa a viver o tão sonhado futuro.
Quando chegam no seu dormitório, a mãe de Tesss a quer mudar de quarto na hora assim que vê sua futura colega, uma garota ruiva, cheia de tatuagens, acompanhada por dois garotos cheio de piercings e tatuagens. Mas a garota, Steph, fica animada o conhecer sua mais nova colega de quarto e quebra o gelo.
Um dos amigos de Steph chama a atenção de Tessa. Ele tem a aparência rude e um ar um pouco sarcástico, mas isso não a assusta. Ela se sente um pouco atraída por ele, mas ele começa a infernizar a sua vida de todas as maneiras possíveis, e ela fica sem entender qual o mal que fez para ele.
O ódio que eles sentem um pelo outro é tão forte que faz crescer uma forte atração entre eles. O sentimento é muito confuso. E assim Tessa deixa de ser uma garota boazinha e inocente, cresce e se torna uma mulher forte e muito sexy. Eles começam a viver um romance instável, mesmo sendo meio diferentes.

Mesmo depois de ler o livro não consegui imaginar os meninos do One Direction. Criei minha própria imagem dos personagens. O livro é intenso e de tirar o fôlego de qualquer um, com seu drama e suas cenas quentes (não é como 50 tons, que tem uma proposta diferente).

 Uma das coisas que mais gostei foi que conseguimos acompanhar o crescimento e amadurecimento dos personagens e às vezes conseguimos nos sentir como eles.

Pra quem tem vontade de fazer faculdade nos Estados Unidos esse é um ótimo livro, porque é realista e mostra tanto o lado bom como o lado ruim.

Quando você pega o livro pensa “Cara, quase 600 páginas, vou demorar uma era”, mas os capítulos são pequenos (duas ou três páginas) e a leitura empolga tanto que quando vê já terminou!

 

Leitora ávida desde os sete anos de idade. Comecei por O Mágico de Oz e encontrei no mundo dos livros um refúgio. Todo tempo “vazio” preencho com leitura, quando me empolgo muito com o livro consigo o terminar em um ou dois dias, não importa o tamanho. Será que esse tipo de experiência conta pro currículo? haha