Destaque AVDSI

Resenha: As Vantagens de Ser Invisível

IMAGEM3

Querido Charlie,

Desculpe pela demora ao responder suas cartas, demoraram para chegar. Você sabe como este serviço demora, mas depois de lê-las e buscar entender, acho que já tenho uma opinião formada para lhe ajudar.

Estou muito feliz que você esteja gostando da escola nova e que também conheceu amigos novos, sempre lhe disse para interagir mais, para “participar”. Você sabe que mesmo estando longe, eu te adimiro por ter enfrentado todo aquele drama com sua tia Helen. Sei que você ainda está abalado, que ainda há vestígios dentro dos seus pensamentos, mas reviver a morte dela, não vai lhe trazer o sossego.

Fiquei muito feliz em saber também que fez novos amigos, você passou por momentos difíceis depois da morte de Michael, sei o quanto dói lembrar disso, mas você teve e ainda tem um apoio enorme da sua família. Em falar em família, como vai Candace? Ainda está namorando aquele menino que bateu nela? Ela se forma este ano né? Diga à ela que estou lhe desejando felicidades, e para sua mãe e seu pai também.
Gostaria de ter ido junto com você em sua primeira festa, mas sabe, estar longe não nos permite fazer isso, ainda bem que Sam e Patrick estavam com você. Eles parecem ser legais, e se estão lhe fazendo bem, siga em frente!

Quero que me empreste o livro que Bill te deu para ler, como é o nome… “O sol nasce para todos”, assim que terminar me envie. Ler faz bem pra alma, você faz muito bem em ler. Sabe, quando eu tinha sua idade, eu costumava não ler, era algo muito fora do normal pra mim, não era um hábito que nem agora, me tornei uma pessoa mais feliz depois que eu comecei a ler. Espero que você se sinta feliz quando lê.

Sobre o “The Rocky Horror Picture Show”, eu amo este filme, e achei super divertido saber que você participou da adaptação deste filme para teatro, estou vendo que Sam, Patrick, Alice e Mary Elizabeth te fizeram muito bem. Também fiquei surpreso quando você disse que havia namorado com Maria Elizabeth e que estava tão ruim, que você ficava imaginando um dos dois quase morrendo de câncer para não precisar terminar, isso é algo terrível Charlie, não tenha medo de terminar algo que não está ruim, nem sempre as coisas saem como planejamos.
Dê os parabéns à Sam por ela ter sido aceita na faculdade, pelo que eu li, os estudos estavam sendo cansativos, mas compensou!

Sabe, eu li em algum lugar uma frase que eu costumo pensar quando acontece algo inesperado e bom em minha vida, ela é mais ou menos assim:

“A vida batucava com as mãos no volante. O amor colocou o braço pra fora do carro e fazia ondas no ar. E eu fiquei sentado entre os dois. Depois que a música terminou, eu disse uma coisa: ‘Eu me sinto infinito’.”

Com amor,
Um amigo

IMAGEM1

Sinopse: Charlie (Logan Lerman) é um menino confuso, com uma visão do mundo totalmente solitária. Num jogo de futebol, Charlie conhece Sam (Emma Watson) e Patrick (Ezra Miller), os três viram grandes amigos, e Charlie e Sam acabam se “apaixonando”, porém acontece várias situações, fazendo com que Sam tenha outra “relação”. Ao encontro de drogas, sexo e aquela música perfeita que te faz sentir infinito, os três se veem diante de experiências, como por exemplo, ter um amigo gay e ser beijado por ele, onde se ajudam, e dividem suas expectativas e seus desejos. Com um final super emocionante, Stephen Chbosky conseguiu incluir alegria, raiva, amor, desprezo, carinho, loucura… tudo dentro de uma história, que te faz sentir, digamos que, infinito.

imagem2

Criador da Sobre Entretenimento - grupo que administra os sites Sobre Sagas, Sobre Pop e Sobre Séries, apaixonado por Lana Del Rey, iamamiwhoami e por Harry Potter, vê nos livros uma maneira de embarcar em um novo mundo, viver uma nova história e sentir diferentes emoções.